Notícias

05 Dicas para city Tour em São Paulo.

O que fazer em São Paulo?

1- Parque do Ibirapuera

 

O Parque do Ibirapuera e um dos grande cartões postais da cidade de São Paulo e pode ser considerado um complexo de lazer. Ele conta com treze quadras polisesportivas iluminadas, marquise para patinadores e skatistas, pistas destinadas a cooper, passeios e descansos, além de uma ampla área cultural. O acesso ao parque é totalmente gratuito, bem como a utilização de suas dependências. Valores são cobrados somente para alguns programas, como exposições na OCA e MAM (Museu de Arte Moderna), shows no Auditório Ibirapuera e entradas ao Planetário e Museu Afro Brasil que formam o complexo cultural do parque.

É um dos refúgios que o paulistano busca quando quer usufruir da tranquilidade que a natureza proporciona!

Endereço:

Acesso a pedestres:

De segunda-feira a domingo – Das 8h às 18h
Tel.: (11) 5574 – 5177

2- Fnac Paulista

A Fnac destaca-se pela variedade de produtos culturais e pode ser considerada uma rede de lojas de departamento. No entanto, a Fnac da Avenida Paulista é reconhecida como um reduto de manifestações culturais com (alguns) eventos gratuitos de muita qualidade. Funciona também como ponto de encontros de engomadinhos recém saídos do trabalho, estudantes das universidades da região, intelectuais que curtem a proposta do local e os descolados que procuram uma boa opção de entretenimento.

Endereço:

Av, Paulista, 901 – Térreo – São Paulo, SP

Quando? Segunda a Sábado das 10 hrs às 22 hrs | Domingos e Feriados das 11 hrs as 20 hrs
Bilheteria : Segunda a Sábado das 10 hrs às 20 hrs | Domingos e Feriados das 11 hrs as 18 hrs | Nos dias 13, 14 e 16 de agosto/12 das 10hs as 18hs.

Sábados e Domingos às 9 h e às 14 h – chegar 20 min antes do início do tour.

3- Mercado Municipal

Um dos meus passeios preferidos em São Paulo! O Mercadão, como popularmente chamamos, é uma mistura de cores, cheiros e texturas que me fascinam! As barracas de frutas exóticas, grãos, condimentos e especiarias me deixam enlouquecida, porque quero ver e provar tudo! rs.
O acesso ao mercado é livre e gratuito , no entanto, se a intenção é comprar algo prepare o bolso. Há opções muito caras por lá! O kilo da Pitaia ( fruta exótica) pode chegar a R$ 90,00 (noventa reais). Ui! Atente-se para que a opção de passeio custo zero não se torne uma “pegadinha”!!
Bem, o destaque está no famoso sanduiche (gigante) de mortadela (R$ 11,00 – onze reais) , o renomado pastel (R$ 7,00- sete reais) , bolinho de bacalhau (R$ 5,00- cinco reais) e claro, o acompanhante mais precioso e característico do paulistano , o choppzzzz-rs (R$ 5,00 – cinco reais)!
O quarteto fantástico acima forma nosso cardapio de comidas típicas! ( além da pizza, claro! Que não figura entre eles no Mercadão).
Para quem vai a pé a melhor opção é ir até estção São Bento do Metro, descer a ladeira Porto Geral, atravessar a famosa Rua 25 de Março e voilá!
Para quem vai de carro, o Mercadão possui estacionamento livre mediante uso cartão zona azul.

Endereço:

Rua da Cantareira, 306, próximo à Rua 25 de Março e ao Parque Dom Pedro II.

Segunda a Sábado das 06 hrs às 18 hrs | Domingos e Feriados das 06 hrs as 16hrs

4- Centro Cultural São Paulo

 

O Centro Cultural São Paulo oferece diversas atividades gratuitas, como exposições de arte, oficinas, debates e palestras. Os espetáculos de teatro, dança e música podem ser gratuitos ou oferecidos a preços populares que não ultrapassam a quantia de R$20,00 (vinte reais). Para quem quer muitas opções de entretenimento cultural, o Centro Cultural Vergueiro , como também é conhecido é minha recomendação. Aqui o clima  é realmente “cult”, com direito a debates e mostra de grandes nomes do cinema como Godard ou Fellini!
A melhor alternativa de transporte é o Metrô. A estação Vergueiro fica ao lado do Centro Cultural.

Endereço:

Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso

Cada serviço obedece dias e horários diferentes. Para conhecê-los, clique aqui.

5- Feira da Liberdade

 

Juntamente com os italianos, os japoneses formam em São Paulo a maior colonia de nativos fora de seu país . Eles concentram-se, especialmente, no bairro da Liberdade, onde muitos mantém os costumes orientais desde alimentação até o idioma.
Aos finais de semana , acontece a famosa Feira da Liberdade, onde é possível encontrar muitos artesanatos orientais como almofadas, luminárias e roupas. Porém, o ponto forte são as iguarias nipônicas!
Antigamente era possível encontrar somente comida típica, mas hoje os italianos e chineses invadiram o espaço, contribuindo para a mistura de sabores. As comidas são relativamente baratas: um Tempurá por R$ 4,00 (quatro reais), por exemplo. O passeio é bem gostoso e você consegue estabelecer uma pequena imersão na cultura oriental. Eu recomendo!

van

Endereço:

Ao lado do metrô Liberdade

Sábados e domingos, das 9h às 18h