Notícias

Meio Ambiente, Sistema Blue Tec

Preservando o Meio Ambiente.

Vans com sistema Blue Tec

O meio ambiente é preocupação de todas as empresas, e nos da Locadora Pazuti trabalhamos com vans que atendem as exigências do PROCONVE P7.

E optou pelo uso da tecnologia SCR para as vans, denominada de BlueTec, no qual otimizou a combustão do motor buscando o melhor desempenho do motor, menor consumo de combustível, menor rejeição térmica, menor emissão de material particulado. E tratando o NOx no sistema de exaustão do motor através do SCR com a injeção do ARLA32.

Que é o caso da Van Sprinter da Mercedes-Benz  a melhor opção é reduzir a emissão de NOx no motor utilizando o sistema de recirculação dos gases de escape.  Tecnologia Blue Efficiency, ou seja parte dos gases de escape é desviado para o sistema de admissão de ar, com isto a frente da chama de combustão fica mais fria produzindo menos NOx.

Conheça o BlueTec 5 e entenda como ele mudará nossas vidas clique aqui

Entendendo o PROCONVE P7:

O PROCONVE (Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores) foi criado em 1986 pelo COMANA (Conselho Nacional de Meio Ambiente).

Através da Resolução CONAMA nº 18/86, e um dos seus objetivos é reduzir os níveis de emissão de poluentes por veículos automotores.

Visando o atendimento aos Padrões de Qualidade de Ar, instituído pelo PRONAR (Programa Nacional de Controle da Qualidade do AR), principalmente nos centros urbanos.

Estabelecida pela Resolução COMANA 403/2008º, o PROCONVE P7 (Veículos Pesado 7) é a sétima fase para veículos pesados, com PBT (Peso Bruto Total) superior a 3.856kg.

O P7 equivale a legislação europeia de emissões de gases e material particulado conhecido como Euro V.

Todos os veículos pesados produzidos a partir de 01.01.2012 e comercializados no Brasil devem atender o PROCONVE P7, que significa uma redução de:

  • 60% das emissões de Óxidos de Nitrogênio (NOx)
  • 80% das emissões de material particulados (PM)
  • 27% das emissões de monóxido de carbono (CO)
  • 30% das emissões de hidrocarbonetos totais (THC)
  • 37% de fumaça emitidos por seus motores, quando comparadas com aos produtos antecessores, PROCONVE P5 (Euro III).

  Mudanças tecnológicas

Este programa exigiu mudanças tecnológicas nos motores na fabricação (tolerância menores), na medições (muito mais precisas).

E nos próprios veículos comerciais brasileiros, pois estes novos limites de emissões são muito restritivos e requererão a partir de 01.01.2015 uma garantia de emissões de 500.000km para veículos com PBTC superior a 16.000kg, contra os atuais 160.000km.

A condição básica para a introdução do PROCONVE P7 nos caminhões e ônibus foi a disponibilidade de combustível. Diesel de melhor qualidade e com teor de enxofre máximo de 50 ppm (Diesel S50). Hoje já esta disponível em todo pais o Diesel S10, mas ainda convivendo com o Diesel S500.

Para os fabricantes de veículos comerciais que optaram por utilizar a tecnologia SCR (Catalisadores de reação seletiva). Também se fez necessário a disponibilidade do ARLA32 (Agente Redutor Líquido de NOx Automotivo com 32,5% de Ureia técnica). Também conhecido como AdBlue na Europa e como DEF (Diesel Exhaust Fluid) nos Estados Unidos, também já disponível em todo o país.